Sunday, December 10, 2017

Feliz Natal a todos


Ideia de biliões

O contentor de carga é ou está considerado uma grande invenção.
Eu tenho uma ainda melhor pois permite descargar os contentores todos de uma vez. Cargueiros de descarga rápida!
É tão óbvio que até parece mal: cargueiros com porões desmontáveis.
Em vez de estar a descarregar os contentores um a um, o cargueiro chega e simplesmente larga o porão, encaixa outro e ala! que se faz tarde!.

Se calhar já há. Já?

Um navio. 12 500 contentores. 400 000 000 de dólares.
Esta ideia vale biliões.
https://www.youtube.com/watch?v=5688zxpHkAE

Friday, December 8, 2017

Fazer bem sem olhar a quem

Às vezes - muitas vezes! - queremos dar, podemos dar e não sabemos a quem dar.

Há quem saiba:
Dar sem esperar nada em troca e receber sem sentir a obrigação de retribuir

Thursday, November 30, 2017

Damas na Internet

Faço-os sentir tão mal, coitados! Prevejo sem esforço quando simplesmente vão desligar. Esta besta era um português. Tinha a mania. Dei-lhe um baile...! Humilhação total!
Dei-lhe umas peças a comer para o pôr nesta triste situação. Extasiados de estúpida fé, cegos de ignorância e ufanos de arrogância, demoram uns tempinhos a verem a vergonha com que se deixaram cobrir...
Simplesmente desligam.

Wednesday, November 29, 2017

Um deus bêbado

Sempre fui, desde criança!, muito sensível à doença mental. Nunca sequer percebi os outros, quando se riam dos maluquinhos. Aquelas grotescas personagens que tão bem disposto deixavam 'o pessoal', a mim sempre me causaram muitos sentimentos: de caridade, de compaixão, de carinho, de medos vários, de revolta, de curiosidade... mas, nunca riso.


www.betterhelp.com/advice/.

Monday, November 27, 2017

Friday, November 24, 2017

Analfabetismo irreparável

O analfabetismo é tão evidente e tão fatal como uma qualquer característica física.
Na noite de 25 de novembro de 1967, a região da Grande Lisboa assistiu a um dos episódios mais dramáticos.

Ponto final. Ponto final!
E continuam na vidinha deles a ganhar o ordenadozinho deles... Para mim é como se uma orquestra rimbombasse um irresoluto dó com sétima; o meu tinitus de baixa frequência dispara e quero chicotear as nalgas a alguém.

Wednesday, November 22, 2017

Mudança da hora

Sou contra a atual mudança de hora. (Para quem se levanta de manhã, é bom que o Sol nasça às sete mas, eu não me levanto de manhã e não gosto de que seja noite cerrada às seis da tarde e ensinaram-me que devo defender egoisticamente os meus interesses porque é assim que 'isto' funciona (treta)). Por mim que mudassem mas ao contrário! Nada me importa que o Sol nasça às nove!
Ocorreu-me então, como a um visionário, que a hora devia mudar todos os dias!
Mas de que adiantava fixar o nascer do Sol às sete? Nada.
http://dateandtime.info/pt/citysunrisesunset.php?id=2267057&month=6&year=2017

Antologia


Monday, November 20, 2017

Helter Skelter

Uma coisa é certa: o psicopata tinha as mulheres brancas em grande conta.

He believed that black men, deprived of white women, would commit violent crimes in frustration, resulting in murderous rampages and a swiftly-escalating conflict between racial groups.


A primeira vez

Estou a tentar vender (uma moeda) no Ebay. (co.uk)
Pus preço de pechincha, só para contrariar: a parolada põem sempre preços que nem nas lojas mais chiques! Os pobres tugas são muito ricos!
Se eu tivesse acesso a uma transportadora (e embalagens)...

Bom e barato

Candeiro







Excelente defeito, interessante oxímoro

Ex malo bono, já diziam os antigos.





Wednesday, November 15, 2017

Monday, October 30, 2017

EDP mosquitos morcegos virus e sinantropia

Mais uma das minhas ideias que dava para ocupar uma vida: A EDP podia sem esforço colocar ninhos para morcegos nos postes de iluminação e todos agradecíamos.
Há modelos de postes que já podiam ser fabricados com ninhos incluídos. Sem aumento de custos.

Saturday, October 28, 2017

It's true

What perhaps most needs to be emphasized here is that ruminative thinking is evaluative thinking. Whether it’s depression or anxiety, self-absorbed people compare themselves unfavorably to others, believing their problems are unique or at least less resolvable than others’. Stuck in a seemingly endless feedback loop, they torture themselves with discouraged, worrisome thoughts. Anguishing over their problems - and so, making them appear even worse - they experience great difficulty coming up with tenable ways of disentangling themselves from this largely self-constructed morass.

What’s also common in those with depression and anxiety is that their aversive thoughts are distorted or exaggerated. And the reason that therapy can be so helpful for them is that they need someone whose authority they respect to introduce them to a fresh, more hopeful outlook that directly counters their stagnant, self-thwarting one. Absent some kind of external intervention, the unfortunate result of all their obsessing is, as Watkins puts it, “increased sadness, distress, and anxiety, reduced motivation, insomnia, and increased tiredness, self-criticism, pessimism and hopelessness.”

Só falta dizer duas palavras: telogen effluvium.
FML

Friday, October 27, 2017

Para de discriminar palavras


Alguém se lembrou de começar a dizer "sêde" ou "pórto"?
Não?
Oh!

É natural.

sede (de beber) e sede (de um partido)
para (de parar) e para (de lugar)
(sem contexto não funciona, claro mas, com contexto não há problemas: as classes gramaticais revelam a palavra)


É preciso ser muito burro para ser contra o Acordo Ortográfico.
Quem é contra o Acordo Ortográfico é a favor da 'independência' da Catalunha, não? E do PSD?
A doença mental e a burrice tendem a ser democráticas, por isso, talvez não...
(Burros e doentes mentais. Para o caso de não terem percebido).

Então e os outros?

Acabei de ler uma notícia típica: um desgraçado de um trolha, desempregado, solteiro, sem filhos, que estava a fazer aguardente foi comprar chupetas de tabaco... Típico? Isto é clichê!
Bem, era de noite e o homenzinho não quis ir pela ponte e foi-se meter debaixo de um carro.
Blá blá blá, yada, yada, yada, e ninguém fala da primeira coisa que me ocorre: a pessoa que ía na sua vida e levou com a morte de um trolha assim pelo cabeça abaixo como um balde de água fria...
O trolha morreu e não precisa de ajuda nenhuma nem precisava, mesmo que não tivesse morrido. Agora um desgraçado que se vê assim de repente metido numa novela destas, esse sim, deve precisar e deve ter direito a tê-la!

Saturday, October 21, 2017

Aberração

Os prémios das 'lotarias' (euromilhões, basicamente) são uma aberração. A distribuição dos prémios, quer dizer.
O primeiro prémio é de avassaladores milhões que destroem a vida de qualquer pessoa. O segundo não dá para um carro.
Uma aberração.
Contudo, parece que ninguém se queixa.
Deviam chover cartas, quero dizer, emails a reclamar. Parece que ninguém se importa.
É pena. Deviam importar-se porque é uma aberração.
Já disse que é uma aberração?

people.people.people.

Thursday, October 12, 2017

Vulgaridade:resumindo

Dado o tema, por mais resumido que seja ficará como um tratado.

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_heads_of_regimes_who_were_later_imprisoned

Ai! ca linda. (com pronúncia lisboeta)


Coni


Croácia



Bribery


Vulgar


Dobra-língua

"Esta instituição tem quatro pisos e 63 quartos, os quatros...."
Quartos.
Quatros.

Fun Factoid:
Em inglês o primeiro nome de número que leva "a" é 1000. Em português é 4.

Simplórios

"capacidade máxima"
Será que não veem que é um estúpido pleonasmo?

Igualdade

3500 € e só deus sabe...
Ainda agora, no facebook, dei com um grupo de numismatas portugueses tipicamente fascista.
Reconheceria aquele palavreado e aquela 'maneira de ser' -tacanha, inculta, desconfiada, inesperada - em qualquer lado: é absolutamnete exclusiva de portugueses. Posto isto, o interessante é ver que nem no reino da Dinarmarca (bem, talvez) há uma democracia tão sólida como a jovem democracia portuguesa: um espertalhaço de primeira, cheio de amigos poderosos - ministros, banqueiros, presidentes - e nada mais nada menos que ex-primeiro-ministro, foi preso como um vadio, enfiado na prisão e 'perseguido' até à exaustão. Afinal isto não está só cheio de mafiosos! O tipo não se safa- É tal e qual como se fosse eu. Nada de 'cunhas'; nada de nada. Democracia. Cidadão. Justiça cega. Admirável!
Acho absolutamente extraordinário ninguém falar disto.

1984

Sem ninguém dar conta, começa a ser obrigatório ter um smartphone.
(Big Brother wants to watch you)

Just a reminder

Para não esquecer que esta vida, Não!

Portugal exemplar

Os portugueses ficaram a sofrer de cegueira traumática seletiva: só têm olhos para a 'merda'. As coisas boas passam-lhes ao lado.

Como é que os tugas, que juram que nada há mais no mundo que máfias e putas, explicam que o poderoso Sócrates se veja assim acossado, muito mais do que um qualquer criminoso?
Estou há anos à espera de que alguém refira a maravilhosa e sobretudo poderosa democracia em que vivemos mas, nada.

Tuesday, October 3, 2017

Profundo conhecimento do amor venal

Os meus óculos novos acabaram de chegar e estou a testá-los.
O primeiro livro que me veio à mão foi o "Jogos de azar" de José Cardoso Pires.
Começa com uma "Notas bibliográficos" por Urbano Tavares Rodrigues que chama, na oitava linha, putanheiro ao autor.
Estou a decidir se é coisa boa ou má.
____
Comprei 2 pares de óculos - uns de ver ao longe outros de ver ao perto - por 8 €. Pelo transporte, 25 €. Pelo desalfadegamento 56,51 €.
Mesmo assim tenho dois pares de óculos bons e de que gosto por 88,70 €. Nem o Guilibaldo tem lá disto!
____


Saturday, September 30, 2017

"Fuck you, Lisa!"


Fazer mãezinha

Já é a segunda vez que me dizem que sou uma mulher.
Pode ser verdade mas então sou lésbica.


Oh, and a charismatic superstar!

------------------------------------------------------------------
"À terceira faz mãezinha"

Thursday, September 28, 2017

Empreendedorismo

Lenços de papel (tissues) impressos não com animaizinhos muito lindos - não faz sentido nenhum assoarmo-nos a adoráveis esquilos - mas com notas ou caras de políticos...

Late late memories

http://ytcropper.com/cropped/sp59cc6290dad99

 
Fui dar uma espreitadela ao suss-urros - que tinha ali um link e tudo - mas não pude: está fechado;
"Este blogue está aberto apenas a leitores convidados"

Tuesday, August 1, 2017

Naúsea

Pois digam-me que raio só depende de nós mesmos ou desapareçam da minha frente.

Contexto

Johann Fabricius, (1745-1808): dizia: "Natura maxime miranda in minimis"(O melhor da Natureza vê-se nos pormenores ou, como diria Gould, "Details are all that matters" (deixemos a parte de "Deus" de fora).

Eu também sou, até de mais, amante dos pormenores, das coisas que sendo pequenas reflectem uma grandiosidade inpiradora; nos dão grandes lições; nos revelam outras verdades... E ando sempre à cata deles como quem procura pepitas de ouro numa pedregosa e árida montanha.
(pedregosa é uma das mais horríveis palavras da língua portuguesa. Tem de ser! pedregosa. blagh!  A ideia de fazer uma lista de palavras horrorosas é muito velha mas ainda por fazer).
Hoje ouvi - tornei a ouvir - uma frase do Sheldon Cooper da série The Big Bang Theory.
-Have you ever thought of teaching physics?

O pormenor está que é do melhor que se pode escrever neste mundo. Um momento de perfeição. Um truque de magia que transforma um boneco de madeira num rapaz de carne viva, num instante, perante os nossos olhos.


Howard: What are you going to do in Nebraska?
Penny: I don’t know, maybe teach acting. (Phone rings) Oh, sorry. Hold on. Hello?
Leonard: Penny, Penny, listen, I hope you’re not doing this ’cause of you and me, because I have a girlfriend, and you’re a single woman.
Penny: Shh! It’s my agent, it’s my agent. You’re kidding. Oh, my gosh. I can’t believe it! Really? Oh, I’m so excited, thank you, thank you so much. Okay, bye. I got the hemorrhoid commercial! I start Monday.
Sheldon: What about Nebraska?
Penny: Oh, hell with Nebraska. I’m gonna be a star!
(Penny leaves)
(a silent pause)
Sheldon (to Leonard): Have you ever thought of teaching physics?


Saturday, July 29, 2017

Small but important Medical Paper

I have found today that there is a direct, precise and robust relation between reaction time and sugar level.
It can easily be used by patients with diabetes instead of a blood test.

There. Now you know.
What will you do?

Friday, May 19, 2017

Cegos

Se essa cambada do PSD tivesse olhos e vergonha na cara, bastava olharem para o último anúncio da Sagres para pedirem desculpa e a demissão.

(Estou a falar exclusivamente do estado de espírito em que puseram os portugueses)

Obviamente que o anúncio devia dizer Ninguém Para Portugal.
A homografia nunca incomodou ninguém. Não sei porque resolveram implicar com palavras homógrafas (só) agora. Parolagem.






Há mais.
Governo e governo (verbo governar)
lobo e lobo (da orelha)
gelo e gelo (verbo gelar)
boto (golfinho) e boto (botar)
almoço (refeição) e almoço (verbo almoçar)

...
Para de descriminar palavras!
_____
Adenda: Por falar em álcool, parolagem e em palavras homógrafas: gosto do cartaz do vinho do Porto "Três Velhotes". Tem bom gosto.
(Mas os que são contra o Acordo Ortográfico são tão estúpidos que nem o vão ver)

Monday, May 8, 2017

Caçadores da Noite

Está a passar agora mesmo, no canal Hollywood o surpreendente filme The Ghost and the Darkness.
É um dos raros filmes modernos que contém daquelas cenas que perduram na memória de forma inesperada. Neste filme há duas que imediatamente se impõem: o sonho onde o bebé aparece enorme (mas que nós, os espectadores, só damos conta disso quando vemos o verdadeiro) e a figura fantasmagórica do leão por entre o capim dourado. Assim dito não parece grande coisa, pois não? Mas quase garanto que os que viram o filme imediatamente  recordam estas cenas.
Suponho que o director de fotografia (Vilmos) seja o principal responsável.
A história verdadeira é, claro, interessante
http://www.sciencedaily.com/releases/2009/11/091102171204.htm

Conjunção adversativa

"Alguns autores, demonstrando um grande domínio da língua portuguesa, utilizam mas no princípio de um parágrafo, realçando a oração e simplificando o discurso.
O uso estilístico da conjunção mas no princípio das frases é legítimo, gramaticalmente e estilisticamente correcto. Nos exemplos a que se refere, dá realce à oração. O mas utilizado no princípio da frase tem um uso enfático muito apreciado por certos autores de renome como os que refere."

Homessa!



A palavra-chave é reúnem - mas não por estar mal escrita!
Não sei se vale a pena recordar a outra que expôs fotografias "a ter orgasmos". A palavra-chave é expôs.


___
http://observador.pt/especiais/pedro-palma-o-bon-vivant-talentoso-que-andava-desiludido-com-a-vida/

Friday, February 10, 2017

Tuesday, February 7, 2017

110

Portugal cobrou 110 milhões* de euros por dia em 2016.

Claro que é tudo para esfumar em juros e dívida.
Ó, e se não fosse?

____
*: 16 vezes mais do que o 'exigido' pela 'Europa'.
___
Hoje soube-se que é provável que Passos desapareça.
Vai demorar muito tempo a normalizar as pessoas; como crianças abusadas demoram...

Tuesday, October 18, 2016

FSM

Isto - de os ateístas terem uma religião - é o que se chama de piada paradoxal..

Sunday, September 11, 2016

Sneaking around

Um comentário a uma lanterna:
(wish.com)


Kyle Stalder
Not as bright as I thought but still a very good flashlight.
Good for searching for Mexicans sneaking around.

Monday, September 5, 2016

Cegueira

A indústria da fotografia demorou cerca de 162 anos a compreender para que lado virar a objetiva das câmaras.

Sempre a viraram para a frente quando, como toda a gente agora sabe, deviam tê-la virado para trás.


A mim falta-me 'só' arranjar uma maneira luminosa de dizer isto. Valha-me Mark Twain.





---

162 anos: 1846 (Wolcott in 1841) a 2003 (Sony Ericsson Z1010 and Motorola A835).