terça-feira, 17 de julho de 2018

Ecce panis angelurum

Encontrei um pendente  com esta inscrição. "Eis o pão dos anjos".

Há quem escreva "angelorum".


8ª linha

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Blaps gigas

Blaps gigas
https://imagem.casadasciencias.org/#!/descritivo?id=1235

Deixa cá ver, Alfredo. Deixa cá ver, Alfredo...

Estou, forçadamente é claro, a ouvir o Rui Veloso a cantar que empenhou o seu anel de rubi...
Continua a ser uma das rimas mais ridículas que alguma vez foram escritas em português.


Nota: O título é uma referência a um sketch (como se diz sketch em português?) do Raul Solnado.

sábado, 14 de julho de 2018

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Marte

Hoje sim! Caramba! O planeta está vermelho mesmo.

terça-feira, 10 de julho de 2018

Aos idiotas que se dizem contra o Acordo Ortográfico (porque nunca leram nada)

I

Estava claro o céo, tepido o ar, e as bouças e montados floridos. O mez era o de Dezembro, de 1863, em vespera do Natal.
A gente das cidades pergunta-me em que paiz do mundo florecem, em Dezembro, bouças e montados.


sábado, 7 de julho de 2018

The secret world of perfection

Leda e o cisne
Museo della Zecca di Roma
Modelo em cera de Benedetto Pistrucci

Sem vergonha

Nos sites institucionais continuam a anunciar funcionalidades que, sem surpresa, não existem É que as coisas dão muito trabalho...

https://www.museucasadamoeda.pt/home/my-records#

Tradução inglês-português


"mediante método de cunhagem ainda manual, a martelo." 

(esta designação mais oficial não pode ser dado que é nada mais nada menos do Museu da Casa da Moeda.

em inglês: 
hammered


E.g.: I have found an hammered coin.


 

sábado, 30 de junho de 2018

Palhaçada (Zero Ciência. Zero.)

Na minha lista de "coisas interessantes" está "o corpo do Barão de Forrester nunca foi recuperado do rio".

Hoje, por azar, dei com um vídeo do Joel Cleto, d'Os Caminhos da História, e logo começei por lamentar a gratuita, desnecessária, incompreensível palhaçada característica deste Portugal. Uma enciclopédia dos erros retóricos. Mas, pior logo veio: enfeitado por maneirismos só limitados pelo reduzido tamanho da farpela, sou informado que os romanos chamavam ao rio durius porque era um rio de navegação difícil, perigosa. Um rio duro.
Que linda história.

"duro" em latim não é "durius". Para começar.

Depois, consta que os romanos se referiam às batalhas que era o mais importante.

Los romanos lo llamaban Durius, dicen que por la extrema dureza de las batallas que tuvieron lugar en la zona: Numnacia, Clunia.... De la misma raíz que Extremo Durii.
E há, claro, a vulgar maleita da religião: https://en.wikipedia.org/wiki/Durius

Uma explicação puramente linguística - a minha preferida - també deve ser considerada:

Parece que el nombre del río Duero (flumen Durius) habría que relacionarlo con una raíz indoeuropea muy arcaica, precelta. Se trata del hidrónimo indoeuropeo *Tur- o *Dur- (agua, laguna, río,..), que da nombre a varios de nuestros ríos hispánicos: Turia, Duratón, Duero... En castellano tenemos la palabra “torrente” como pervivencia de ese sustrato indoeuropeo precelta. Que los dioses te sean propicios. Ten Salud. IVLIANVS.
As melhores e mais diretas explicações não têm garantia de serem as melhores:

El nombre proviene del Dios Horus, era el rio del Dios Horus.

...
Alguém devia dizer alguma coisa ao homem, não acham?


Como eu odeio ver gente gratuitamente medíocre com os bolsos cheios de sestércios e com repugnante auto-satisfação.

Ilustração para Variabilidade

As nossas, Apis mellifera ver. iberiensis, são escuras e marotas.

Quanto custa dar uma passa?


lotes de 20, como os tradicionais maços de tabaco, a 4,70 euros cada - que são colocados na caneta e permitem entre 10 e 12 inalações

(vou usar o ponto como separador decimal)

Cada cigarro custa 4.7/20 = 0.235 € (24 cêntimos, vá.)

e cada passa 0.024 € (2.35 cêntimos).

2 cêntimos é dinheiro: há uma moeda e tudo.

Alguém que ganhe 650 €/mês pode dar 38 passas por hora. Quer dizer: só tem direito a chupar uma vez de minuto e meio a minuto e meio.
Mas é se trabalhar bem.

E fico a pensar no uso do verbo "dar". Dar uma passa. Dar uma

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Elogio público

Devia ser uma loa mas fica fico-me por dizer que tive direito a uma resposta perfeita do desde sempre adorado - é para coisas destas que eu imagino a Internet - Ciberduvidas. Portanto, fica o obrigado público à doutora Maria Eugénia Alves
_____
Olá Hoje ao falar com uma brasileira, perguntei-lhe se íamos ganhar o mundial. Respondeu "-Não sei. Está dando tanta zebra". Tive de ir ver o que significa: "Aplica-se quando um equipa considerada favorita pela sua maior qualidade é derrotada por outra de menor gabarito." mas, fiquei curioso acerca da origem de tão estranha expressão. obrigado. Cumprimentos 




Prezado consulente,

Para entender a expressão, é preciso contextualizá-la e ir um pouco mais longe no tempo. De facto, prende-se com um fenómeno da cultura popular brasileira, o célebre Jogo do Bicho. Segundo a Wikipédia, «O jogo do bicho é uma bolsa ilegal de apostas em números que representam animais. Foi criado em 1892 pelo barão João Batista Viana Drummond, fundador do Jardim Zoológico do Rio de Janeiro, em Vila Isabel, Rio de Janeiro.»
Acontece que a zebra é um animal que não existe no jogo. Assim, usar a expressão “vai dar zebra” significa a impossibilidade desse facto vir a ocorrer.


Foi usada pela primeira vez pelo treinador de futebol Gentil Cardoso, quando o seu clube, o poderoso Vasco da Gama, estava em clara vantagem em relação ao adversário, clube mais fraco. No entanto, antes do início do jogo, ele profetizou o impossível, usando a expressão «vai dar zebra!», em clara referência ao jogo do bicho. A metáfora evoca a impossibilidade, a alta improbabilidade da ocorrência, uma vez que este animal não faz parte do jogo.
Mas o clube em desvantagem venceu o Vasco e, por isso “Deu zebra!”
A partir daí, a expressão tornou-se popular e significa que o inesperado pode acontecer.
Em conformidade com a história da expressão, aparece a representação da Zebrinha, criada pelo cartunista/caricaturista Borjalo (pseudónimo de Mauro Borja Lopes). A personagem é conhecida por Zebrinha ou "Zebrinha da Loteria Esportiva" ou "Zebrinha do Fantástico”, por se fazer durante o decurso deste programa de televisão, e serve para informar os resultados da Lotaria Desportiva na Rede Globo.

Com os nossos cumprimentos,
Maria Eugénia Alves



___
"perfeita"? Não. Mas pouco falta.
Aquele "mas o clube em desvantagem...." não devia ser "mas" nenhum pois foi o que tinha sido profetizado...
E não gosto que se use a Wikipédia como fonte.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Priberam

Agora mando-lhes as palavras pelo facebook.

Já anda a ensinar-lhes uma gíria e tudo:
FND - falta na definição; NCD - não consta no dicionário... lol

Já dizem, às vezes, "obrigada"; "já incluímos".

Infelizmente não estou a guardar devidamente as minhas graciosas - $damn it!$ - contribuições.

A última acho que foi orófilo.

Pessoas que não fazem nada a ganharem milhões e outros a trabalhar de borla. Arre!

Eu mandava mais mas sinto, sei!, que as aborreço. (Digo "as" porque vê-se que é quase tudo mulheres.)

Não sei se contei aqui quando lhes disse que não era boa ideia usar a palavra que estavam a definir, na definição! omg
Vou ver se têm "palmatória".
__
PS:  Não estou à espera de um convite "mande mais, demos-lhe 50 cêntimos por cada uma" mas estou à espera de um pedido "por favor não nos chateie e deixe-nos em paz".

Mas fiquei admirado com a boa receção que teve esta mensagem que lhes mandei, em 2016, a propósito de tarraxa:

"rosca em espiral" é boa.  
Digo, essa é boa!

Só assim.
Que maroto sou!
Mas responderam muito bem:


Ex.mo Senhor,

Graças à sua mensagem, já corrigimos a falha apontada.

Agradecemos a sua mensagem e qualquer comentário ou sugestão que nos permita melhorar o dicionário.

Com os nossos melhores cumprimentos,
Foi pena não me terem mandado nem 20 cêntimos.

A cegueira

The variation intraspecies is at least equal
 as the variation among species.
As pessoas são cegas.

"physical variations aren't unusual for animals."

A variabilidade é um dos pilares do Universo. É omnipresente.
É evidente! É Universal!
A cegueira e a estupidez transformam isso em "not unusual".
E, como se não bastasse, acrescentam o selo de garantia de parvoíce, "for animals"!

Vários coleópteros.
Um lobo.
Uma abelha.
As asas das abelhas.
Um cientista tarado.
Talvez a principal causa do movimento anti-ciência
que grassa os EUA. Do Norte.
Estavas tão bem a estudar as vespinhas, ó Kinsey.



Malditos Polacos

Contra tudo aquilo que devia ser mas, está sendo constantemente confirmado pessoalmente:
Polacos? Raça maldita.


(Quando foi do brexit usei os meus poderes de observação e vi que um gérmen de cristalização eram os polacos. O principal ódio dos ingleses não eram os árabes mas sim os polacos. Comecei a reparar - porque os ingleses não são flor que se cheire mas não é fácil "tirá-los do sério" -  e estou reparando. Aqui. Ali. Em pequenos nadas. São execráveis. Intoleráveis. Tudo está muito bem quando está muito bem para eles, caso contrário são merda. Da grossa.




quinta-feira, 14 de junho de 2018

Um inferno

Vou sentar-me na divisão mais pequena da casa. Contrariando a racionalidade, agarro num livro ao passar pela estante. Sai-me "O último dia de um condenado" de Victor Hugo. Como é tão apropriado não o poiso e enquanto tento relembrar-me dele, porque, está claro, já o li, começo a ler.

Miserere mei!
É a loucura total. "O meu espírito jovem e rico estava cheio de fantasia. Divertia-se a desenrolar ante meus olhos uns depois dos outros, sem ordem nem fim, adornando-os de inesgotáveis arabescos, este rude e fraco estofo de vida"

Uma não frase de idiotas. A fazer-me recordar os tempos em que tinha de ouvir coisas assim, sem sentido nem gramática, ao primeiro-ministro.

Toda a gente rica. A ganhar. A ser paga. A vender livros. A... tudo!

Puta que os pariu a todos, cambada de idiotas.

FML.
______________________

A tradução é da excelentíssima Ana Ribeiro. Confunde o feminino com o masculino ou acha que "fantasia" é plural e masculino. Não faço ideia. Espero que tenha as mamas grandes e faça uns bons bicos. Ao menos.
ISBN: 978-989-554-745-6
______________________

Porque que caralho tive eu a má ideia de agarrar na merda do livro?!

______________________

Mon esprit, jeune et riche, était plein de fantaisies. Il s'amusait à me les dérouler les unes après les autres, sans ordre et sans fin, brodant d'inépuisables arabesques cette rude et mince étoffe de la vie. C'étaient des jeunes filles, de splendides chapes d'évêque, des batailles gagnées, des théâtres pleins de bruit et de lumière, et puis encore des jeunes filles et de sombres promenades la nuit sous les larges bras des marronniers.

"FantasiaS"
"desenrolá-las" (o espírito divertia-se a desenrolar as fantasias, umas atrás das outras...."

Maldita seja esta gente. Até a sétima geração.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

IMDD

A sticker that make an eye - big brother is watching you -  out of the phones camera lens.

I would be rich.

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Doutores analfabetos

Para mim isto de as pessoas com estudos continuarem a ser 'parolas' é um dos grandes problemas do mundo.

"doutores analfabetos" e "parolas" são apenas palavras que uso. Usem outras que vos agradem mais.


Podem obter o livro - oferta do Bill gates - aqui 

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Creationists are blind

Analogia com o registo fóssil: fica-se com a noção de que é impossível faltarem tantas "formas intermédias"... E , no entanto, assim é. (Se bem que formas intermédias é o que não falta no registo fóssil. Há uma boa meia dúzia de histórias bem completas.)

(moedas encontradas hoje, umas ao pé das outras)


We love Galicia

A co-apresentadora galega do concurso Coma un allo - a escritora María Canosa - a mostrar europeiamente os pelos dos sovacos.
Os abundantes pelos dos sovacos.
https://br.jetss.com/entretenimento/curiosidades/2016/04/13-famosas-que-ja-optaram-por-nao-depilar-as-axilas/
Que tontos são os nossos galegos. E a dizerem caralhadas como se nada fosse? Sim, na televisão. São demais.

Canal 220 da NOS.

"Josefina, não tomes banho que estou a chegar!"

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Apelles de Cós

Ultracrepidários e ultracrepidárias por todo o lado!

(Só para ver se aparece o link em "esta palavra em blogues" no Priberam)

Uma útil palavra que devia ter muito mais uso. Muito mais.

__
Um sapateiro arrogante; Alexandre, o grande, era romântico; e a Ignorância e a Suspeita a susurrarem aos ouvidos dos eternos trumpes:

ne supra crepidam sutor iudicaret

Pliny relates several anecdotes about Apelles (late fourth century BC), who would place his pictures in view of the public and, standing out of sight, listen to what was said.
Once, when a shoemaker faulted Apelles for drawing a sandal with one loop too few, he rectified it. But, when the shoemaker then found fault with the subject's leg, Apelles looked out from behind the picture and rebuked him, saying that a shoemaker should not go beyond his sandal (
Ne supra crepidam sutor judicaret)
____

Although several were taken to Rome, and it is claimed that at least one survived as a copy in the ruins of Pompeii (above), all that remains of Apelles’ works are the textual descriptions in classical writings. 

_____

"Seeing the beauty of the nude portrait, Alexander saw that the artist appreciated Campaspe more than he. And so Alexander kept the portrait, but presented Campaspe to Apelles." 

https://eclecticlight.co/2016/06/09/the-story-in-paintings-apelles-the-oldest-master-of-all/

sábado, 26 de maio de 2018

UnCommented

the unbelievable blind idiots! all they can think is killing animals on sight (they kill any snake, gecko, lizard, anything), spraying the entire world with carcinogenics - they spray streets right up their houses, parks, all river and lakes margins they can get, anything!
Everybody dying with cancers and all they can think is herbicide.

Someone should make a formal complain making the "Junta de Freguesias" respond on court... I guess it's the only way to prevent having all ruined, including our lives, by these morons.

I call my village "Herbicity" now. I say "I'm from Herbicity, Herbiquistan".

Género Lavandula

Lavanda, rosmaninho e alecrim. É como eu digo: tudo é complicado.

Errata: onde se lê "complicado" deve ler-se "interessante".

https://www.wilder.pt/seja-um-naturalista/conheca-as-cinco-especies-de-lavandulas-de-portugal/

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Para os Idiotas que se dizem contra o estúpido Acordo Ortográfico

Outra ideia para posts. Usar heterodoxias linguísticas para provocar os idiotas que são contra o Acordo Ortográfico (porque não sabem nada de nada, não porque tenham alguma razão decente para o serem...)


A palavra

cura

é um substantivo.

Mas é um substantivo feminino ou masculino?
http://portuguesdoanderson.blogspot.com/2012/05/substantivos.html

Para com isso!
Poema para Galileu
(por António Gedeão)


Estou olhando o teu retrato, meu velho pisano,
aquele teu retrato que toda a gente conhece,
em que a tua bela cabeça desabrocha e floresce
sobre um modesto cabeção de pano.
Aquele retrato da Galeria dos Ofícios da tua velha Florença.
(Não, não, Galileu! Eu não disse Santo Ofício.
Disse Galeria dos Ofícios.)
Aquele retrato da Galeria dos Ofícios da requintada Florença.
Lembras-te? A Ponte Vecchio, a Loggia, a Piazza della Signoria…
Eu sei… eu sei…
As margens doces do Arno às horas pardas da melancolia.
Ai que saudade, Galileu Galilei!

Olha. Sabes? Lá em Florença
está guardado um dedo da tua mão direita num relicário.
Palavra de honra que está!
As voltas que o mundo dá!
Se calhar até há gente que pensa
que entraste no calendário.

Eu queria agradecer-te, Galileu,
a inteligência das coisas que me deste.
Eu, e quantos milhões de homens como eu a quem tu esclareceste,
ia jurar- que disparate, Galileu!
- e jurava a pés juntos e apostava a cabeça
sem a menor hesitação -
que os corpos caem tanto mais depressa
quanto mais pesados são.
Pois não é evidente, Galileu?
Quem acredita que um penedo caia
com a mesma rapidez que um botão de camisa ou que um seixo da praia?
Esta era a inteligência que Deus nos deu.

Estava agora a lembrar-me, Galileu,
daquela cena em que tu estavas sentado num escabelo
e tinhas à tua frente
um friso de homens doutos, hirtos, de toga e de capelo
a olharem-te severamente.
Estavam todos a ralhar contigo,
que parecia impossível que um homem da tua idade
e da tua condição,
se estivesse tornando num perigo
para a Humanidade
e para a Civilização.

Tu, embaraçado e comprometido, em silêncio mordiscavas os lábios,
e percorrias, cheio de piedade,
os rostos impenetráveis daquela fila de sábios.
Teus olhos habituados à observação dos satélites e das estrelas,
desceram lá das suas alturas
e poisaram, como aves aturdidas- parece-me que estou a vê-las -,
nas faces grávidas daquelas reverendíssimas criaturas.
E tu foste dizendo a tudo que sim, que sim senhor, que era tudo tal qual
conforme suas eminências desejavam,
e dirias que o Sol era quadrado e a Lua pentagonal
e que os astros bailavam e entoavam
à meia-noite louvores à harmonia universal.
E juraste que nunca mais repetirias
nem a ti mesmo, na própria intimidade do teu pensamento, livre e calma,
aquelas abomináveis heresias
que ensinavas e descrevias
para eterna perdição da tua alma.

Ai Galileu!
Mal sabem os teus doutos juízes, grandes senhores deste pequeno mundo
que assim mesmo, empertigados nos seus cadeirões de braços,
andavam a correr e a rolar pelos espaços
à razão de trinta quilómetros por segundo.
Tu é que sabias, Galileu Galilei.
Por isso eram teus olhos misericordiosos,
por isso era teu coração cheio de piedade,
piedade pelos homens que não precisam de sofrer, homens ditosos
a quem Deus dispensou de buscar a verdade.
Por isso estoicamente, mansamente,
resististe a todas as torturas,
a todas as angústias, a todos os contratempos,
enquanto eles, do alto incessível das suas alturas,
foram caindo,
caindo,
caindo,
caindo,
caindo sempre, e sempre,
ininterruptamente,
na razão directa do quadrado dos tempos.

____
Provavelmente o único texto sem erros que existe na Internet.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Vida complicada

Merdices como esta, que só chateiam, vêm direitinhas ter comigo.

A falta do verso

"E a Lua branca, além, por entre as oliveiras,"

parece ser defeito de raíz (da primeira edição)
que será perpetuada ad infinitum por copy/pasters que não leem o poema - se lessem davam conta que faltava qualquer coisa: Guerra Junqueiro não era como Passos Coelho que não diz(ia!) uma frase com princípio, meio e fim...

https://books.google.pt/books?id=msaBAgAAQBAJ&pg=PT20&lpg=PT20&dq=E+a+Lua+branca,+além,+por+entre+as+oliveiras,&source=bl&ots=OCrWJ6vwWc&sig=yBJ5ROqSUb5L6gSsiXc6R5APTxI&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwiphPiVqJ_bAhXKbhQKHbhsCjgQ6AEIQjAE#v=onepage&q=E%20a%20Lua%20branca%2C%20além%2C%20por%20entre%20as%20oliveiras%2C&f=false
___
https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/110773/ISBN9788579832086.pdf?sequence=1&isAllowed=y

terça-feira, 15 de maio de 2018

Ensino obrigatório: 15 anos, não é?

Vou começar a fazer coleção para ver se me acalmo...

(Toda a gente rica, bibliotecas por todo o lado, TV, Internet, doutores e engenheiros a pontapé... É um grande, grande mistério.

Analfabetos na TV, todo o dia, a dizerem parvoíces, a andarem à porrada como os macacos e a ganharem milhões, é provavelmente a melhor explicação.


E um filho da puta a dizer que está a vender as lentes por ter adequerido a série L?!
Analfabetos com dinheiro... Seja qual for este sistema sócio-económico, não gosto.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Brincar aos cientistas

Seria melhor para toda a gente se certas pessoas se limitassem a brincar aos médicos.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0303264711000608

(goto Sci-hub...)
____

Soap film; Minimal surfaces.

https://youtu.be/dAyDi1aa40E?t=4m8s

UnCommented

"I remember my mother spending a lot of time and effort to make a huge pot of fresh rose petal jam from the lovely pink roses in our orchard only to bin the whole thing when it caused discomfort to everyone who had it."

We can become multimillionaires if we can manage to put that on the pharmacies as cure for constipation...
https://tinyurl.com/ybod3hm9

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Vlad Tepes


"His father, Vlad II, was a member of a secret society known as the Order of the Dragon. He was so proud to be a member that he had his name changed to “Dracul,” Romanian for “Dragon.”

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Almejo gamanço

A vontade de estar noutro sítio, falar outra língua, vestir outra roupa, comer outra comida... Nisso sou português.

(Na verdade estou mas é a romantizar a vontade de andar no gamanço)

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Doutores analfabetos

Acho que já me ouviram mencionar "doutores analfabetos".

Doutores analfabetos é isto, por exemplo:
A Península Ibérica é a região onde se encontra a maior diversidade genética da abelha melífera (Apis mellifera L.) em toda a Europa. Enquanto as populações de abelha melífera residentes em Espanha estão bem caracterizadas, a composição genética das populações portuguesas é virtualmente desconhecida.
 Andar aos tropeções a dar tiros nos pés?
Ou um simples "Bota pra lá!"; "Que sa foda!"?
A brincar inocentemente aos cientistas (nos intervalos de brincar aos médicos que também cansa!)?
A lutar pela vida que o dinheirinho não cai do céu?

Que se pode dizer de algo "virtualmente desconhecido"?
Pode dizer-se o que nos apetecer, ora essa!

(Que é que a raparigota pensará que quer dizer "virtualmente"?)

Simplesmente está a falar inglês sem dar conta.

"Sem dar conta" é a palavra-chave! lol

E literal, será que sabe o que quer dizer literal? Por exemplo "um copy/paste literal".
Ou "plágio"? Por exemplo: "um plágio literal, nada mais."

"Literalmente, uma colagem de plágios."

Há quem não goste de advérbios. A mim soam-me lindamente.


Penso muitas vezes na imagem do imperador da China a plantar "cebolo"! lol
A maior parte das vezes, parece-me bem.

http://beingbutmen.blogspot.com/2013/02/so-here-is-last-bit-about-last-emperor.html

segunda-feira, 9 de abril de 2018

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Dominus

A história de um pardal.
An annual event known as Domino Day, which started in 1998, televised the attempts of a Dutch team to break the world record for the number of dominos set up and toppled. The event garnered a lot of local attention each year and even boasted hosts like Lionel Richie and Shania Twain. At the 2005 event, a sparrow (a mus in Dutch) got into the exhibition hall and, after it knocked over 23 000 dominos, an expert was brought in to deal with the bird. Attempts to capture it failed and it was eventually shot. The incident caused a tremendous outcry in the Netherlands, and the shooter was fined €200. After Moeliker appealed to the Ministry of Justice and Security, the body of the so-called dominomus joined the duck at the museum.


https://www.youtube.com/watch?v=yv-2PNakXjg 


Patreon


terça-feira, 3 de abril de 2018

É quanto chega



Os judeus não usam crianças como escudos.

Os judeus não usam crianças como escudos por duas razões. Duas!

1 - Porque não funciona.

...

(os palestinianos atiram na mesma)


2 - porque nem lhes passa pela cabeça.



(Na verdade eu acho que a foto não representa o uso de escudos humanos - isso existe mas de uma forma muito mais dissimulada. Os infiéis sabem que os judeus se preocupam ativamente em selecionar alvos, os burrros.)

São apenas os anormais que nada mais têm que fazer a 'educar' a canalha e a passear alegremente, bem vestidos, bem comidos, tudo à grátis... é só rir.
Cartar tijolo é uma seca.


Entretanto em Israel continuam a tentar CONSTRUIR uma vida e é só no que pensam:
https://www.google.com/maps/@32.0864863,34.9580845,3a,75y,4.68h,80.52t/data=!3m7!1e1!3m5!1savrI4nnOtAFgYtP8JaEM4Q!2e0!6s%2F%2Fgeo1.ggpht.com%2Fcbk%3Fpanoid%3DavrI4nnOtAFgYtP8JaEM4Q%26output%3Dthumbnail%26cb_client%3Dmaps_sv.tactile.gps%26thumb%3D2%26w%3D203%26h%3D100%26yaw%3D17.673244%26pitch%3D0%26thumbfov%3D100!7i13312!8i6656

Hoje faz anos que morreu Aristides de Sousa.

_____
Adenda
18/04/2018
"And I opened my eyes and saw what I had done. I had fallen into the trap I had always been convinced I would not fall into: I had condemned Israel for defending itself. "