terça-feira, maio 29, 2007

Vicioso

Reencontrado, feliz, estúpido, releio Eça como quem saboreia de novo os prazeres de um vício antigo.

segunda-feira, maio 28, 2007

Proposta

Proponho ao mundo que as datas de nascimento e morte, geralmente apresentadas (nascimento-morte) passem a escrever-se (morte-nascimento), por duas razões:

1 - É mais imediata a percepção do tempo em que a personagem viveu adulto, que é o que interessa;
2 - Se alguém confundir com a indicação de uma subtracção, pois que a faça e obtém a idade com que morreu essa pessoa;

Ex.: Chaplin (1977-1889)

É tipo as cataratas do Niágara terem mais piada se, em vez de se precipitarem para baixo, se precipitassem para cima (como congeminou o Adão de Mark Twain).

domingo, maio 27, 2007

Ler

Das notícias:
Quase metade das famílias portuguesas passou por uma situação de pobreza, pelo menos durante um ano, entre 1995 e 2000, revela o «Público», na edição de domingo.
Um inquérito realizado pelo Centro de Estudos para a Intervenção Social investigou a situação de carência das famílias portuguesas durante seis anos. Das famílias que estiveram em situação de pobreza (47%), 72% estiveram nessa condição durante dois ou mais anos. 40% das famílias tinham membros empregados, enquanto outras 30% eram pensionistas.
O jornal diário refere ainda, num outro artigo, que a pobreza deve ser abolida e declarada ilegal, tal como aconteceu com a escravatura, o apartheid ou a violência doméstica. A ideia foi defendida pelo actual Subdirector-Geral da UNESCO, Pierre Sané.


Permitam-me apontar o mais importante: "40 % tinham membros empregados".
Sabem o que isso quer dizer?
Sempre lhes deixo uma dica: isso não é pobreza. É miséria.


Informação adicional:
António Manuel de Brito Guterres,Primeiro-Ministro, de 28 de Outubro de 1995 a 25 de Outubro de 1999; de 25 de Outubro de 1999 a 6 de Abril de 2002

sábado, maio 26, 2007

Estamos contentes

Descobrimos o verdadeiro blogue português.

"Perguntavam-nos repetidamente se levávamos comida, como se pela nossa cara não se visse perfeitamente que éramos um turista civilizado e não um emigrante mafioso ou um contrabandista qualquer"

Estamos radiantes. O Borat não lhe chega aos calcanhares. Ainda por cima é educativo.

"O viagra e os afrodisíacos podem ajudar ao pleno êxito do desempenho masculino na relação amorosa, mas a erecção do pénis depende principalmente da mente."

"Só foi pena não termos trazido a bailarina turca da fotografia aqui ao lado, a fim de se exibir diante de nós em espectáculos privados de dança do ventre na nossa casa em Portugal. Com a excitante companhia de uma garota destas, nós não teríamos o problema de ter que usar viagra ou afrodisíacos. E aumentaríamos a nossa cultura, pois teríamos que nos servir diariamente da língua turca. "

"Com efeito, no metro em que viajámos para Hollywood e no autocarro em que viajámos para a praia de Santa Mónica, onde nadámos nas águas do Oceano Pacífico, só se viam pretos, velhos e chineses. Mas se as pessoas que não têm carro são geralmente desconsideradas nos Estados Unidos, já o mesmo não acontece com os indivíduos solteiros, como é o nosso caso."

Estamos histéricos.

sexta-feira, maio 25, 2007

Honra

Que interessante seria ver o desenrolar deste caso para comparar espanhóis e portugueses e (já é tempo) de ver quem é esta cambada que agora também faz a UE. (Coisa que não acontecerá, com os jornalistas que temos...)

Letónia: Cinco portugueses e dois espanhóis foram detidos na semana passada em Riga, Letónia, depois de terem pisado e destruído bandeiras daquele país, e aguardam a sentença do tribunal, de acordo com a imprensa letã.
«Cinco cidadãos portugueses e dois espanhóis foram detidos em Riga por profanarem a bandeira da Letónia», confirmou hoje à Lusa a agência noticiosa letã LETA.
De acordo com a agência, os jovens, com idades entre os 25 e os 36 anos, que estavam e visita à Letónia, tiraram uma bandeira da Igreja da Nossa Senhora dos Lamentos e começaram a pisá-la.


"Profanarem?!"
Sacrilégio! Sacrilégio! Fogueira com eles!

O grupo terá, entretanto, tirado outras bandeiras nacionais da Letónia porque «quando viram a polícia, deitaram duas ao rio Daugava, mas não tiveram tempo para se livrar de outras três que tinham com eles», afirma a LETA.
Segundo a edição online do jornal The Baltic Times, «os jovens estavam visivelmente bêbedos».
Os cinco portugueses e dois espanhóis foram presentes no dia seguinte ao Tribunal Distrital de Riga, que lhes decretou a prisão.


O crime é grave! Óh, vida!

Os jovens incorrem numa pena de prisão que pode ir até três anos de prisão ou a uma multa até 50 ordenados mínimos.

Muita sorte não os apedrejarem até à morte.

Os cidadãos espanhóis disseram a um representante sua da Embaixada que os visitou que «não pretendiam mostrar desrespeito, queriam apenas uma recordação».

Os portugas que esperem sentados pela visita. Se fossem espertos tinham pedido logo ali asilo aos espanhóis.

A Embaixada de Espanha lamentou o incidente e diz que se tratou mais de um acto de vandalismo do que de uma profanação premeditada à bandeira letã.

Como é evidente.
Eles, aliás, pensavam tratar-se de roupa estendida. Alguma toalha ou coisa assim.latvia

Já a Embaixada de Portugal em Riga, contactada pela Lusa, preferiu o silêncio, remetendo qualquer comentário para a Secretaria de Estado das Comunidades.

O eterno "não comento" que me dá vómitos. Algo compreensível, neste caso, pois sabe-se lá onde estava aquele pessoal ou a ressaca das festanças que traziam na mona.
A única coisa de jeito que lá têm é o âmbar (controladíssimo até ao nojo).
Agora, putas sim, isso têm: "That's because 1 in 2 women in Latvia have at one time or another in their lives received money for sexual services."

Ovo de Colombo

Logo a seguir a ter recebido o exemplar (grátis) da Pig International, que recomendo, fui à feira e comprei "Biografias dos Deputados - VIII legislatura", Ed. Assembleia da República, 2000, ISBN: 972-556-269-0, que recomendo igualmente.

É um pouco triste ficar a saber que Sócrates não é, afinal, tão esperto quanto parece: podia facilmente ter-se livrado da "campanha negra" acerca das suas habilitações. Outros o fizeram (vide pág. 101 do Biografias(...)) e parece razoavelmente simples. Basta, pura e simplesmente, omitir a informação.

Tive de googlar para colmatar a falha do livro, só por isso.

Outros há ainda, mais sensatos, que não só omitem as habilitações e a profissão como também se recusam a tirar fotografias (ver por exemplo a pág. 109).
E isso não levanta problemas porque o excelso Maria Carrilho também está nessa categoria (pág. 305).

quinta-feira, maio 24, 2007

Recriação

Uma fotografia que não tirei porque não tinha a máquina mas recriei:





(Usando uma fotografia roubada no comboio-azul.)

quarta-feira, maio 23, 2007

FEUP

A classificação coloca a Universidade do Porto no 11.º lugar na tabela relativa à produção científica realizada em 2005.
Na lista, a Universidade Técnica de Lisboa surge na 19.ª posição, a Universidade de Lisboa é a 26.ª e a Universidade de Aveiro ocupa o 31.º lugar.
Ainda em Portugal, a Universidade de Coimbra é a 33.ª, a Universidade Nova de Lisboa ocupa o 39.º lugar e a Universidade do Minho surge na 61.ª posição.
Na produção científica por áreas, o melhor desempenho da Universidade do Porto foi obtido em Tecnologia Química (3.º lugar), seguindo-se Engenharia Mecânica, Naval e Aeronáutica (4.º lugar) e Ciências da Computação e Tecnologia Informática (7.º lugar).

http://jn.sapo.pt/2007/05/23/sociedade_e_vida/porto_entre_melhores_universidades.html

Consumo: garantia

José Sócrates declarou: "Só tenho notícia desse caso pelos jornais e lamento o que aconteceu. Mas quero garantir aos portugueses que nem o Governo nem nenhuma instituição deste país, deixarão que alguém seja sancionado pelo uso do direito à liberdade de expressão".

Bonito, mas logo a seguir:

"Os senhores jornalistas sabem alguma coisa sobre os motivos ou sobre o processo e quais as razões que o motivaram? Não sabem e nem eu sei. Por essa razão, não devo pronunciar-me sobre o que terá acontecido." - o imortal "não comento" como se não fosse nada com ele! Ao menos que diga "puta que o pariu!" já que o insultou.


Como pode garantir (...) se não sabe nem quer saber? Não é?

As razões, ao que parece, foi o homem ter dito, como se estivesse na américa: "Estamos num país de bananas, governado por um filho da puta de um primeiro-ministro". Mas não senhor, não estamos na américa.

"Eu não sei o que disse [o professor] ou o que não disse. Se foi uma piada em relação a um político, como é frequente no nosso país, espero que o mal-entendido seja rapidamente esclarecido", afirmou Cavaco Silva.

Todos os partidos da oposição, o provedor, o presidente da República... Valerá de alguma coisa?

terça-feira, maio 22, 2007

Obrigado

Provedor de justiçaNa sequência de um processo disciplinar que foi instaurado a um funcionário da DREN, o Provedor de Justiça solicitou à Directora Regional de Educação do Norte que lhe sejam remetidos os comentários que esta queira fazer para boa elucidação do caso», informa um comunicado da Provedoria da Justiça.

Agradeço, apesar de um pedido de comentário ser evidentemente pouco e não se adequar à seriedade da situação, ao dr. Henrique Nascimento Rodrigues.


-----
Com os 'socialistas' que temos no Governo, e tal como a um esfomeado, uma qualquer comida lhe parece um manjar, começo a dar graças por cada bocadinho de normalidade que encontro.
Dei-me até ao trabalho de dar uns retoques à foto.

Entretanto, a socialistagem foi prestar homenagem a Freitas - que quase merece um pedido de desculpas pois, na altura em que se juntou a estes socialistas, pensei que tinha alterado as suas convicções quando quem se chegou para lá foram 'eles'. Freitas sempre na dele (em cima, à direita, para quem não saiba).

Os deputados socialistas não deram um pio. Deve ser do açaime.

(Princípios mais uma vez: os deputados já não sabem que estão lá para representar o povo português (incluindo os madeirenses :-) e pensam ser sua obrigação apoiar o governo.

Gadget

Buy New: $109.95


Ion iTTUSB Turntable with USB RecordOnce connected, the turntable transfers both 33-1/3 rpm albums and 45 rpm singles to digital formats in mere minutes.

segunda-feira, maio 21, 2007

Prismas

Disse Pôncio Monteiro:

"Ganhar, parece ser o destino dos treinadores que vêm para o FCP."


Bem, que a região é exímia na já longa tradição de exploração do trabalho, é um facto.

Desmancha-prazeres.

A isto chama Jesualdo Ferreira: "levar com um balde de água fria" - quando se está a contar com champanhe.

Uma boa machadada no mito dos "gestores milagrentos", uma batota já muito rota.

Este raciocínio, correctíssimo e aplicável a todo o trabalho inserido numa organização, não só explica a transformação do vulgar em extraordinário (organização boa) como também explica, mutatis mutandis, o inverso, a redução do extraordinário ao vulgar (organização má).Fernando
Sim, o Estado é uma organização que segue esta regra.

-----
Mas a pergunta do momento é: quem tratou dos dentes do emplastro?

domingo, maio 20, 2007

Formigas

Alguém vê que a verdadeira tragédia está em que enquanto o INE ou outra porcaria qualquer não diz "há 460 mil desempregados" ninguém parece ter consciência disso?

sexta-feira, maio 18, 2007

Governar para fora

Então é isso! O futuro presidente de Lisboa elucida-nos acerca da principal razão de ser da sua candidatura: é por causa do mau aspecto que dá, aos estrangeiros, ter a capital do país como se fosse "uma cidade qualquer" (com as consequências nefastas para a economia, receio de investimento, blá blá blá...).

Estes socialistas são doidos. Varridos.
Como os gauleses.

Evolution, Kansas way




---
AAHHHH! Tiraram este filme :-( Buaáá

Kafka

O extraordinário interesse (já à escala mundial!) pelo caso do desaparecimento da menina inglesa no Algarve, digo, Allgarve, merece bem o epíteto de fenómeno sociológico. ("Ao décimo quinto dia nem uma pista" - diz o jornalista, agorinha mesmo, na SIC, em directo e a abrir o noticiário!)
Que tem Madeleine que o Rui Pedro e os outros não têm?
Segundo Miguel Sousa Tavares: pais ricos e bonitos.
Gosto da explicação sarcástica do burguês mas não é verdade.
Trata-se antes de um mecanismo muito velho, fruto da organização social, e que permite transformar, incontrolavelmente e sem ninguém saber como, o tudo em nada, o mau no bom, o vulgar em milagre. Chamemos-lhe "confluência de circunstâncias". Favorável ou desfavorável; com total arbitrariedade. O totoloto que todos ansiamos. A desgraça que nos aterroriza. A remota possibilidade que nos esforçamos por deflagrar. A sorte desgraçada.
Por falar em milagre: identifique-se isso mesmo no que levou Fátima a prevalecer e milhares, sim, milhares, de outras aparições e milagres a serem ignoradas. O mesmo que leva grandes criminosos a safarem-se com ganho e que transforma pequenas patifarias em tragédias (como os expatriados portugueses dos EUA).
Vê-se muito em filmes mas geralmente associado ao efeito borboleta, a consequências imprevisíveis. Não é bem a mesma coisa mas é por aí.

Ou, mais simplesmente, a gota de água que nos permite a catarse das tragédias diárias que julgamos conseguir ignorar.
------
...

quinta-feira, maio 17, 2007

Esperteza de raposa

Acerca da estranhíssima decisão de candidatar António Costa às eleições para a Câmara de Lisboa:http://fyad.org/myge


Há muito tempo que não se via um consenso tão generalizado acerca de uma decisão política. Toda a gente, toda, concorda - numa mostra explícita do perfil que os portugueses mais apreciam.
"Há muito tempo" quer dizer: desde Vara.


Eis como leio as intenções (tem de haver intenções quando se despromove um compincha) de Sócrates:
exterminator

-aproveitar os ventos de feição para 'conquistar Lisboa aos mouros' numa determinada atitude de 'agora ou nunca' ou de 'tudo por tudo' ou "dá-lhe agora que está de costas". (Portugal é Lisboa e o resto é paisagem...).
-colocar lá um homem da sua confiança (o que deixa reduzida a lista de opções a uma).
-adiar a remodelação (Apoiado!: as remodelações fúteis, por moda, que têm a única intenção de alargar o número de sócios do "clube de ministros" ou fazer a vontade aos jornalistas e opositores, deviam ser constitucionalmente proibidas).
-Outras intenções divinas e, por conseguinte, ocultas aos olhos dos simples mortais (os mitos são ainda uma ferramenta incontornável da governação).
Com uma coisa tem de se concordar: a Câmara de Lisboa está (como é normal as Câmaras estarem) com merda até aos candeeiros e é necessário um bom especialista para resolver a situação.

----
Queria pôr aqui o texto das escutas telefónicas (tou-me cagando para o segredo de justiça. pá!. mas não se encontra)

quarta-feira, maio 16, 2007

Really?

http://web.tickle.com/tests/inkblot/
Your subconscious mind is driven most by Peace

You are driven by a higher purpose than most people.
You have a deeply-rooted desire to facilitate peacefulness in the world.
Whether through subtle interactions with love ones, or through getting involved in social causes, it is important to you to influence the world.
You are driven by a desire to encourage others to think about the positive side of things instead of focusing on the negative.
The reason your unconscious is consumed by this might stem from an innate fear of war and turmoil. Thus, to avoid that uncomfortable place for you, your unconscious seeks out the peace in your environment.
Usually, the thing that underlies this unconscious drive is a deep respect for humankind.
You care about the future of the world, even beyond your own involvement in it. As a result, your personal integrity acts as a surrogate for your deeper drive toward peace and guides you in daily life towards decisions that are respectful toward yourself and others.

terça-feira, maio 15, 2007

Labéu corrosivo

Pela quantidade de vezes que o ajeitou decorosamente, parecia que Fátima Campos estava com uma certa vergonha do decote.
Pena de não ter tido vergonha de dizer as parvoíces do costume acerca da Internet, a extraordinária e maravilhosa Internet.

"Os maus genes da condição humana têm nas novas tecnologias paraísos nunca antes imaginados."

"A organização das redes de pedofilia e a planificação de raptos cruzam caminhos na Internet."

É impressionante. Parece uma k-7 pirata.


É como falar de Jesus Cristo dizendo que não passava de um vagabundo mal-cheiroso com ataques de ira e alguns truques na manga que liderava um gang de libertinos.

Atirar pérolas a porcos: eis a frase que se adequa à reacção destas pessoas ao manancial de possibilidades espantosas que, a melhor coisa que há no mundo, a Internet, oferece.

É a diferença entre ouvir alguém mexericar num piano ou ouvir esse mesmo piano tocado por Lyle Mays.

Ao olhar para um piano tem de saber os tesouros infinitos que ele contém.
espreitar
Do mesmo modo que se não olha para uma jornalista não ligando a mais nada a não ser ao seu par de mamas. Pelo menos não se deve.

Já viram o que é estar a senhora a elucidar o mundo que a Internet só serve é para pedófilos e outros patifes e em vez de estar a saborear tão doutas palavras estar é a espreitar-lhe o decote e a pensar "ainda lá haverá algum viagra?".

Alguém já ouviu esta gente falar do que realmente se pode fazer (e que graças a Deus sempre se vai fazendo) com a Internet - a não ser a falar sobre criancices e com sorrisinhos condescendentes nas fuças?

segunda-feira, maio 14, 2007

Princípios

O comentador Marcelo disse ontem "quem ganhar a câmara de Lisboa agora, ganha-a daqui a dois anos" (sic).
A grande maioria de nós concorda.
Mas uma coisa é apontar como mais provável uma tendência nefasta da democracia, resultante de aspectos negativos da natureza humana, outra é enunciá-la levianamente como se de um princípio da física se tratasse.
Quem me entende?

Miau

Os gatos, ao confundirem como saloios "retirar uma amostra de sangue" com o procedimento hospitalar "doar medula óssea" não tiveram graça nenhuma.
Raramente a estupidez tem.

Tirar sangue é uma brincadeira. Doar medula está longe de o ser. Estou a falar, claro, sob o ponto de vista dos dadores, não do pessoal que executa os procedimentos. Fazer o transplante de medula, para os médicos, é uma brincadeira. Para os médicos.

http://www.vvov.org/cms/ShowFile.asp?FID=336&FileName=Donorboekje_Portugees+2006.htm

domingo, maio 13, 2007

Exagerando

Air Force One
No filme de 1997, "Air Force One", Gary Oldman, no papel de Ivan Korshunov o terrorista que desvia o avião, vocifera contra o facto de terem transformado a Rússia, a imensa Rússia que todos temiam, num país de putas.
 felatio

Atendendo à música que representou a Rússia no Eurofestival, acho que era capaz de ter razão.


Extracto da letra:

It's a dirty money track
I'll blow your money money
I'll get you to my bad ass spinning for you

Oh! I'll make it easy honey
I'll take your money yummy
I've got my bitches standing up next to me

Gotta tease you nasty guy
So take it - don't be shy
Put your cherry on my cake
And taste my cherry pie.
true fellatio

Muito triste, patético e preocupante.
As coisas não valem realmente por si só mas sim pelo modo e local em que são praticadas. Se eu vir um teledisco de rap pornográfico americano nem pestanejo e contudo esta palhaçada deixou-me indefinidamente nostálgico.

sexta-feira, maio 11, 2007

Aldra

"projecto de açambarcamento do poder, de todo o poder»
Marques Guedes parece não saber que o PS pretende a regionalização.
Ou é senilidade ou é demagogia.

O que me leva a anotar outra das razões porque sou contra a regionalização: quando nos sai um furo como o governo actual, bem, pelo menos podemos ter a certeza que em 4 anos a coisa pode mudar. No caso de se espalhar o mal pelas aldeias... enfim, deixa de ser guerra e passa a ser guerrilha: insolucionável.

Completar a frase

No causa nossa:

"Um aeroporto é uma uma obra demasiado importante para ser decidida por engenheiros..."

quanto mais por políticos!

quinta-feira, maio 10, 2007

Natural

Todas as nações da UE proíbem o consumo do «snus», excepto a Suécia, que está isenta devido ao uso generalizado de tabaco em pó entre os suecos.
http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=807035&div_id=291

Suécia consumo Suécia
Life expectancy at birth:
total population: 81 years
male: 78 years
female: 83 years (2007 est.)





Alemanha consumo Alemanha
Life expectancy at birth:
total population: 79 years
male: 76 years
female: 82 years (2007 est.)






Rússia consumo Rússia
Life expectancy at birth:
total population: 66 years
male: 59 years
female: 73 years (2007 est.)








Portugal consumo Portugal
Life expectancy at birth:
total population: 78 years
male: 75 years
female: 81 years (2007 est.)




--------
Gráficos: http://tcrc-profiles.globalink.org/

Dentes e neurónios

Pepsoden       t
Cientistas timorenses descobrem que, afinal e ao contrário do que se pensa por cá, não existe nenhuma relação entre dentes brancos e neurónios.
Os mesmos estudos apontam igualmente para uma relação inexistente entre neurónios e outros aspectos, normalmente considerados indicadores fiáveis de qualidades cerebrais, tais como mamas grandes, cabelo espampanante, vestimenta barroca ou tendências exibicionistas.

Azerbeijão

Soon after the article appeared, an Iranian cleric - angered by its depiction of Islam as a violent religion - offered his house to anyone who killed the journalists.
[Logo que o artigo foi publicado, um clérigo iraniano - furioso com a descrição do Islão como uma religião violenta - ofereceu a sua casa a quem quer que matasse os jornalistas.]
nuke the bastards
http://english.aljazeera.net/NR/exeres/9806DBD9-777C-42B2-A740-BC9991C195DF.htm

Ver também:
http://fyad.org/mpxk

-----
Literacia comparada:

Portugal
Literacy:
definition: age 15 and over can read and write total population: 93,3 %
male: 95,5 %
female: 91,3 %
(2003)

Azerbeijão
definition: age 15 and over can read and write total population: 98,8 %
male: 99,5 %
female: 98,2 %
(2003)

quarta-feira, maio 09, 2007

Atitudes

Tirado de: Notas sobre a Música e Instrumentos Musicais Populares Portugueses, Domingos Morais; 1995.

Os Mouros, que "nos quase oito séculos de permanência na Península não se fundiram racial nem culturalmente com os autóctones" (Matos, 1979)
...
As comunidades judaicas, desde há muito presentes na Península, viveram sob o domínio mouro e depois cristão. Diz-nos Viegas Guerreiro (1979) que eram "gente que mal se distinguia da cristã, que falava a mesma língua e vencida de iguais tentações", não admira que, "em períodos normais de paz, livres da excitação doutrinária, se tenham estabelecido com ela relações de simpatia e amizade com todas as consequências daí resultantes".

terça-feira, maio 08, 2007

Defesa

"O diploma, que foi hoje publicado em Diário da República, vem alargar o regime anterior, que apenas previa sanções para quem comercializasse estes aparelhos, possibilitando agora a punição de particulares que detenham aparelhos pirateados."

"Uma vez detectados os aparelhos, e caso sejam encontrados em flagrante delito (ligados), os seus proprietários incorrem no crime de usurpação, previsto no código penal com uma pena de até três anos de prisão, esclareceu."

"Os meios para detecção da utilização indevida «são vários, podendo ir dos meios técnicos, à simples denúncia e passando pela investigação», explicou Paulo Santos."

Simples denúncia faço eu aqui: estes gajos são perigosos.

Proibir, sancionar, encostar à parede...
Não têm mais nada que fazer senão proteger gatunos? Que tal se começassem por proteger primeiro quem precisa?

"meios técnicos" quer dizer ilegalidades inconstitucionais umas atrás das outras. Que fazem/farão os juízes?

O Hermano Saraiva, que é velho e sabe muito, terá mentido assim tanto quando disse que no tempo da ditadura havia mais liberdade?

Que critérios têm esses cuja lista de prioridades é esta?

Faz-me falta uma arma.

(Para os inocentes que não entendem onde está o mal digo: façam o favor de pensar no perfil dos criminosos que estão a ser tão avidamente perseguidos. Assim de repente penso em casas de estudantes esfomeados e em pobres explorados com filhos novos. Vêem agora?)
natural

E se prendessem antes a tv cabo por causa do subliminarmente pornográfico spot publicitário?


Não tenho nada contra a pornografia. A normal. Explícita. Arrumada.
Mas tenho tudo contra dar lições subliminares de putedo, grátis, pela tv pública, às nossas filhas.

Eterna dicotomia

Das notícias:
"Mariano Gago tem intenções de criar um ranking das universidades com melhor e pior desempenho e dos melhores e piores cursos"

Ora aqui está uma daquelas ideias que tem generalizado e automático acordo da populaça.
Mas se a intenção é ser popularista (coisa que mesmo em candidatos em campanha fica mal, quanto mais em governantes com maioria absoluta) ir a pé a Fátima era capaz de ser melhor. Com a acrescida vantagem de não ser desprezável a possibilidade de levar com um veículo nas trombas.

Esta ideia é:
Simplória, para não dizer ignorante. Está a confundir "premiar" com "classificar". Encerra tendências militaristas, para não dizer nazis. É atrasada, primitiva, anacrónica. Este conceito de 'competição universal' é do tempo da II Grande Guerra e das simplistas e geriátricas interpretações de Darwin.
A excelência não pode ser atribuída por decreto mas sim reconhecida naturalmente. Parece um papa antigo a decretar o que é ou não é sagrado.

Tal como a marca de cigarros, o tipo de carro, o ISP, o partido político..., estas decisões - a escolha de uma escola, de um curso, seja o que for - são para ser feitas 'de baixo para cima'. Cabe ao Estado o que já se sabe e, digo eu, contrabalançar eventual propaganda com informação fidedigna promovendo assim boas decisões individuais. Premiar, sempre e só a posteriori.

Um outro efeito perverso, um pouco mais rebuscado, é que se está a regionalizar o que deve ser global. Fica o exemplo, também sem préstimo, do reitor da UP que quer estar "entre a 100 melhores do mundo". É capaz de ser melhor do que ser "a melhor de Portugal" porque uma competição interna é sempre uma espécie de olimpíada de aleijados.

Já viram a quantidade de lixo que uma coisita tão banal encerra? E, neste caso, algum desse lixo é até tóxico.

segunda-feira, maio 07, 2007

Brasil

http://contosdolixo.blogspot.com/2007/04/vida-pornogrfica-rotinas-sem-graa.html

Recomendo que comece a perceber mais a realidade [do Brasil].
Vá visitar o Jardim Macedônia em São Paulo, vá de madrugada às favelas das grandes cidades desta merda de país onde hoje, tenho a certeza, mais de duzentos foram mortos.
São crianças esfaqueadas, estupradores em ruelas escuras ou em botecos no fim do mundo aguardando qualquer presa, é filho paranóico matando a mãe e fritando as vísceras usando bom ar para não deixar pistas, casais inconsequentes abandonando bebés em avenidas, são barracos esperando qualquer chuva para desabar, é gente sem nada vendo a sua barraca metralhada pela polícia demente, seitas fazendo rolar cabeças de jovens.
Converse com uma prostituta da área central e escute histórias escabrosas, clientes de terceira idade implorando por consolos de vinte centímetros no traseiro, os desejos mais doentios possíveis, espancamento, turismo de merda e mijo, tra&ves&tis ca&gan&do em qualquer lugar, corpos modificados e destruídos por produtos industriais, este país, esta comédia de absurdos é putaria, violência, fraude, mentira vinte quatro horas por dia.

Conheça a merda de uma delegacia e tente conseguir boletins de ocorrência.

É gente decapitada, mulheres mortas encontradas em matagais, gente desaparecendo todo dia, doentes mentais nas ruas comendo restos de lixo, deficientes físicos vendendo balas disputando a esquina com crianças, mães grávidas sem amparo nenhum, sujas, desesperadas com mais de seis filhos para criar, gente de mau carácter, picareta ameaçando famílias para ter mais do que precisa, sadismo, Aqui as drogas são deitadas às toneladas para as ruas.
Televisão, rádio, jornal, Intenet e a propagação em massa de produtos fraudulentos, mentiras favorecendo os de fato, padres homosexuais, pedófilos, militares brincando de guerra em comunidades de baixa renda, garotos pulando de pontes porque não aguentam mais ver tanto lixo, uma vida sem sentido.


Todo brasileiro deveria carregar o sentimento de fracasso no peito.

Trabalhos mal remunerados, humanos aos montes, desdentados revirando bosta com comida azeda para se alimentar.

Todos nós estamos fodidos e revoltados, dentro de autocarros e metros, fedendo a suor e raiva, querendo pegar o filho da puta que criou tudo isso.

Não temos nada apenas a pouca liberdade de poder odiar esta catarata de esgoto escorrendo na nossa frente, só falta um segundo apenas um segundo de mais demência para todos irem pelos os ares.

(adaptado)

Adenda: tive de alterar "tra&ves&tis ca&gan" para ver se me livro da cambada de miseráveis brasileiros que aqui vem parar à procura disso mesmo. Incrível.

Penso tantas vezes no país que não seria aquela terra se tivesse caído em outras mãos!


Democrática e livremente eleito

Recuso que a Madeira esteja sujeita a uma inflação legislativa nacional incompetente.....
Recuso a montagem de um Estado policial em Portugal destinado também a perseguir quem não alinha pelo pensamento único subtilmente institucionalizado.

domingo, maio 06, 2007

Convergência

O porta-voz do PS, Vitalino Canas, disse, hoje, em Viseu, que o primeiro-ministro está a ser alvo de "uma campanha negra" no caso da Universidade Independente, noticia a Lusa.
"Este tipo de campanha é habitual noutros países mas não em Portugal."


Bem, afinal, alguma convergência com os outros países da Europa sempre está a ser conseguida! (não é isso que andam sempre a apregoar?)

Fazem-lhe a vida negra. O nosso timoneiro é um mártir.

(São tão modernos e sofisticados e ainda usam estas expressões 'politicamente incorrectas'. A coisa está preta. Reparar também na salazarista noção de que Portugal está resguardado dos males, blá, blá, blá...)

Admitido

O Governo aprovou, hoje, o novo regime jurídico das instituições do Ensino Superior.
Segundo Mariano Gago, este diploma "pretende colocar os estudantes no centro do processo educativo"


Depois do "não estou preocupado" que lhe renderá juros altos por muito tempo, Mariano Gago parece continuar com boa pontaria ao mostrar saber qual o problema maior do Ensino Superior: os alunos estão no fundo mais fundo do sistema. Bem abaixo dos seguranças e das mulheres da limpeza. Verdade.
Ao reconhecer que os alunos não são há muito o centro das escolas superiores (e das básicas se calhar também), o que é incrível e inaceitável, o ministro torna a marcar pontos.
Reorganizar o organograma das universidades, recuperar a definição primordial da sua função, é por si só a resolução da maior parte dos problemas.

sábado, maio 05, 2007

Simples

http://video.google.com/videoplay?docid=1296126090432829344

Wafa Sultan, psicóloga.
Al-Jazeera TV (Qatar)
21 de Fevereiro de 2006

"O conflito mundial que hoje testemunhamos não é um choque de religiões nem um choque de civilizações. É um conflito entre dois opostos, entre duas Eras.
Um conflito entre uma mentalidade que pertence à Idade Média e outra mentalidade que pertence ao século XXI.
É um conflito entre civilização e retardação, entre o civilizado e o primitivo, entre a barbárie e a racionalidade.
É um conflito entre a liberdade e a opressão, entre democracia e ditadura.
É um conflito entre os direitos humanos, por um lado, e a violação destes direitos, por outro.
É um conflito entre aqueles que tratam as mulheres como animais e aqueles que as tratam como seres humanos.
O que vemos hoje não é um choque de civilizações. As civilizações não colidem; competem."

.....

Números

Segundo esta notícia
http://www.regiao-sul.pt/noticias/noticia.php?id=72694&comments=show&registered=true

A PJ de Portimão recebeu 30 mil chamadas...

30 000!
Trinta mil coisa nenhuma. Ora essa.

quinta-feira, maio 03, 2007

Cool

Um agricultor decide ir nadar para um lago na sua propriedade. Leva consigo um balde para apanhar fruta no regresso. Ao aproximar-se da água, ouve grandes gargalhadas e vê que é um grupo de jovens mulheres a nadarem nuas. As mulheres vêem-no e gritam-lhe com indignação: – Não saímos enquanto não se for embora!
– Não se preocupem. Não demoro. – disse ele.
Mostra-lhes o balde e acrescenta:
– Só vim dar de comer ao crocodilo.