Friday, January 31, 2014

Teve piada

Não é que andava a pesquisar notícias aqui: http://www.jn.pt/pesquisa/default.aspx?Pesquisa=onda&numPag=43&sort=date  e dei com um título onde aparece uma unidade de medida bem escrita?! E bem escrita duas vezes: "quilómetros por hora".

"Açores com previsão de vento com rajadas até 130 km/h"

-"Fantástico", disse eu. E ainda estive para comentar a raridade. Depressa me passou a vontade porque, logo a seguir, dei com a normalidade:

"Vento a 100 k/h e chuva forte até quinta-feira "

A normalidade, em Portugal, é o analfabetismo criativo. 

Tuesday, January 21, 2014

Direita

A mim não me entra na cabeça uma teoria política em que haja cabimento financiar um dono de um colégio. Não me entra.
Os ricos têm isto tão controlado que provavelmente a esta hora há financiamento para quem seja o feliz dono de um iate.

http://www.noticiasaominuto.com/pais/162041/colegios-financiados-pelo-estado-suspeitos-de-varios-crimes

Monday, January 13, 2014

"Thank you" note

Ao ler isto: http://www.snopes.com/crime/clever/thanks.asp lembrei-me da única vez que escrevi uma "thank you note": foi a uma oficina de fotografia que me compôs a manivela da minha Lomo LC-A e não me levaram nada.

Comparação

A precisar ..... tanto como o Júlio Pereira de um penteado novo.

Listagem

A comparação é talvez a mais poderosa de todas as figuras de estilo e se não a mais difícil pelo menos a mais arriscada de usar. E, sem dúvida, a que exige mais conhecimentos, mais cultura, quer do emissor quer do recetor.
Deixa-me cá pôr estas duas antes que me esqueça:

Pobre como Cervantes.

Velho como o zircão.