terça-feira, fevereiro 10, 2009

Darwin

KELVIN, Lord William Thomson; (1824 - 1907)- centro
Uma das 7, sete, unidades básicas do Sistema Internacional de Unidades, SI, (há outro?), chama-se kelvin (símbolo: K) e o seu símbolo (não o seu nome) é em maiúscula porque, toda a gente sabe, faz referência ao Lord Kelvin.
(É a unidade SI para a grandeza Temperatura Termodinâmica - também chamada "temperatura absoluta").
Ontem, ao ouvir uma entrevista na TSF (esta aqui) fartei-me de rir com a doutora entrevistada que, ao contar uma das mais interessantes e pedagógicas histórias do mundo da ciência - a aparente estupidez de Kelvin ao atribuir 20 Ma (milhões de anos) à idade da Terra (1)- se referiu a ele como "um físico".
Também, quando se referiu à necessidade de se saber História da Ciência foi utilizada a expressão "um bocadinho" para caracterizar o quanto se deveria saber sobre esta disciplina. [sigh!]
Não é que sem se saber História da Ciência se não possam compreender as coisas. Podem.
O problema é que se entendem mal.
(Não se falou na Clara Pinto Correia nem no incontornável Stephen Jay Gould - este sim, sabia alguma coisa sobre Darwin, Selecção Natural e História da Ciência. Entre outras coisas!).
Agora vou seguir o link para as obras de Darwin, que está ali em baixo à esquerda há muito tempo. Pode ser este".

(1): Com isso, e numa singela folha, uma, Kelvin enterrava a mais jovem e promissora disciplina: a Geologia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exprima-se livremente!