quinta-feira, fevereiro 12, 2015

Rato ou Gorilla arm, the ailment of dumbasses

Douglas Engelbart o inventor do rato



O rato de computador é uma das grandes invenções da humanidade.
Sempre achei extraordinário ver a Microsoft a perseguir ecrãs táteis. (Ou será a porcaria da Apple?) Um absurdo! (exceto para utilização eventual, momentânea; como há em sítios públicos).




I find it very telling that Charlie Sorrel, a true hard-core iPad-for-work user, recently had to throw in the towel because of "Gorilla Arm". This ailment, which had been known about long before the iPad was a gleam in Steve Jobs' eyes, happens when you're always bringing your arm up to touch a screen. Even with a keyboard, Sorrel found that after using an iPad day after day for over a year, the result was so painful that he would "sometimes rush through posts just to get them finished".http://www.zdnet.com/article/five-operating-system-alternatives-to-windows-8-and-xp/

Pelo andar da carruagem vão 'gastar' milhões e muitos anos a chegar à conclusão de que é extremamente estúpido trocar o rato por toques no ecrã. Uma coisa, para mim, óbvia.

Os dos portáteis safaram-se: por qualquer esotérica razão, a maior parte das pessoas não discute o touchpad, outra mediocridade sem comparação com a eficácia e elegância dos ratos. (Ainda assim incomparavelmente melhor do que ter de tocar no ecrã). Mas como os ratos não parecem nada, os estúpidos não se apercebem de que provavelmente não há melhor solução.
Se se concentrassem a melhorar o rato, como inevitavelmente acabarão por fazer, a esta hora já teríamos algo realmente funcional e eficiente para falar com o PC. Um rato evoluído, eis tudo o que é preciso para controlar (?) os computadores. E se não houver ideias para o melhorar, como está, serve bem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exprima-se livremente!