sexta-feira, maio 19, 2017

Cegos

Se essa cambada do PSD tivesse olhos e vergonha na cara, bastava olharem para o último anúncio da Sagres para pedirem desculpa e a demissão.

(Estou a falar exclusivamente do estado de espírito em que puseram os portugueses)

Obviamente que o anúncio devia dizer Ninguém Para Portugal.
A homografia nunca incomodou ninguém. Não sei porque resolveram implicar com palavras homógrafas (só) agora. Parolagem.






Há mais.
Governo e governo (verbo governar)
lobo e lobo (da orelha)
gelo e gelo (verbo gelar)
apoio (suporte) e apoio (apoiar)
boto (golfinho) e boto (botar)
almoço (refeição) e almoço (verbo almoçar)
rio e rio (rir)
são (saudável) e são (ser)
banco (do gamanço!) e banco (de jardim)
nós e nós (plural de nó)
saia (de mostrar as pernas) e saia (sair)
vaga (onda) e vaga (vazia) e vaga (ter lugar)
livro e livro (livrar)
pus (eww!) e pus (pôr)
canto e canto (cantar)
cais (caiar) e cais (cair)
...
Para de descriminar palavras!
_____
Adenda: Por falar em álcool, parolagem e em palavras homógrafas: gosto do cartaz do vinho do Porto "Três Velhotes". Tem bom gosto.
(Mas os que são contra o Acordo Ortográfico são tão estúpidos que nem o vão ver)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exprima-se livremente!