terça-feira, novembro 15, 2011

Juca, amas muito a tua Nené?

Agarro no livro "Vasco Pulido Valente", de Glória, perdão!, no livro "Glória", de Vasco Pulido Valente.
Leio, logo na undécima linha: Ou seja, num mundo exactamente oposto ao que nós conhecemos.
(meu sublinhado)
Suponho que os lisboetas não conseguem ver a idiotice que uma frase destas representa.
Nenhuma informação foi fornecida é bem dito!
Aquele "exactamente" então grita-nos que vale mais ir para o café beber qualquer coisa e dar treta com quem quer que seja, ir à pesca ou entretermo-nos a fazer festas ao cão mais próximo.
Como se não bastasse, na página seguinte, aparece um 1 pequenino a assinalar José Maria Peixoto.
Procuro no rodapé a importante informação. Nada. Interrompo a leitura e pesquiso. No fim do livro encontro, agrupadas por capítulos, as reveladoras Notas. Leio com fé de que a trabalheira vai valer a pena e ficarei elucidado sobre o misterioso Zé Maria. Leio com avidez: JCVC. Caderno de Apontamentos.

(silêncio venerando)

Estou atónito. Que simbolizará JCVC? Que mistérios reveladores se esconderão no maiúsculo Caderno de Apontamentos?
VPV alega muitas vezes nos seus escritos que é um escritor profissional. Será. Eu é que não estou para cair no ridículo absoluto (*) de queimar tempo a ler livros tontos.

(*) Lembrar o fatal "exactamente".

---
http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=1262627&seccao=Livros

(VPV processou a editora! lol Obviamente o 'volume' está demitido das prateleiras: http://www.bertrand.pt/?palavra=pulido%20glória&restricts=8066&facetcode=temas)

Foi esta! Exactamente o oposto!
Esta não é a capa que me fez começar com o trocadilho do título. Esta está normal.



Não me admiro que os queiram vender (só há usados):

O mundo onde VPV escreve coisas com sentido.
Claro que não podia faltar um feliz cidadão do tal mundo exactamente, mas exactamente mesmo, oposto ao que nós conhecemos: http://uncyclopedia.wikia.com/wiki/Opposite_world                               

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exprima-se livremente!