sexta-feira, junho 24, 2016

Jacques de La Palice


Acabei de ver um "provérbio alentejano" que diz: se não fosse a falta que fazem as mulheres não faziam falta nenhuma. Lembrei-me duma que o meu avô dizia: As sardinhas, se fossem raras, havia de haver quem desse bom dinheiro por elas.

Parece tudo bem até vermos que só estamos a dizer se a minha avó não tivesse morrido ainda hoje era [seria] viva.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Exprima-se livremente!